Escolha uma Página
Notícias da semana – Automação de marketing em PMEs se mostra um ótimo recurso

Notícias da semana – Automação de marketing em PMEs se mostra um ótimo recurso

Automação de Marketing traz grandes benefícios para pequenas e médias empresas

A automação de Marketing não é uma opção voltada apenas para grandes empresas. Na verdade, pequenas e médias empresas podem se beneficiar e muito com a automação de marketing. No cenário atual, as pequenas empresas são as mais beneficiadas pela automação de marketing, devido a necessidade de fazer muito e utilizar poucos recursos. Outro ponto positivo as pequenas empresas é o fato de que o caminho para implementar a automação de marketing é mais simples, já que quanto maior é a empresa, mais complexidade possui. Porém, é importante lembrar que planejamento e treinamento são essenciais para qualquer empresa, independente de seu tamanho.

Estudos avaliaram que as pequenas e médias empresas precisam mais de automação de marketing nos seguintes processos:

1 – Gerenciamento de contatos – 74%
2 – E-mail marketing – 55%
3 – Campanhas de gotejamento – 43%

A automação de marketing é uma ótima ferramente para pequenas e médias empresas, por mais que a decisão de qual plataforma atuar possa ser assustadora. Automatizar o marketing trata-se de comprovar o valor de seu negócio e aproveitar tudo aquilo que essa ferramenta possa trazer.

Porque automatizar o marketing? Veja abaixo alguns pontos.

  • Captação adequada de leads
  • Qualificação de leads
  • Marketing mais flexível e ágil
  • Ganho de produtividade
  • Campanhas focadas e mais relevantes
  • Mensuração do retorno do investimento em marketing
  • Rastreamento de leads e análise de resultados
  • Mais lucro devido maiores taxas de conversão de vendas
  • Gerenciamento adequado de clientes e prospects, além da segmentação
  • Métricas concretas e confiáveis
  • Maior eficácia na área de marketing
  • Economia de tempo e dinheiro
  • Menos processos redundantes
  • Maior engajamento de clientes
  • Otimização de processos já existentes
  • Comprovação de ROI
Notícias da semana – Espaço de inovação é inaugurado por AmazonasCap e Universidade Anhembi Morumbi

Notícias da semana – Espaço de inovação é inaugurado por AmazonasCap e Universidade Anhembi Morumbi

Novo espaço de inovação é inaugurado pela AmazonasCap

Nesse mês um um Kapok – nome da maior árvore da floresta amazônica e também dos coworkings da AmazonasCap – foi inaugurado pela aceleradora de startups AmazonasCap e a Universidade Anhembi Morumbi, no campus Vila Olímpia da universidade. Esse espaço é voltado para desenvolvimento de novos negócios e inovação e irá abrigar as sedes das cinco startups selecionadas fundadas por alunos e ex-alunos da Universidade Anhembi Morumbi e aceleradas pela AmazonasCap: Andurá, WorkBand, YN, EmpreendeAe e Fly360.

Conheça um pouco das 5 startups:

A Andurá é uma startup que atua no mercado de jogos eletrônicos, que ainda se estrutura no Brasil. A WorkBand é uma startup voltada para diminuir despesas corporativas na área de saúde. YN trata-se de uma plataforma tecnológica que busca informações sobre investimentos, que podem começar a partir de R$10. EmpreendeAe é uma startup fundada por alunos vindos da periferia paulistana, a startup desenvolve negócios para aumentar a renda de famílias em situação de vulnerabilidade social que vivem em comunidades. Já a Fly360 é uma startup que visa a atração de hóspedes para hotéis através da tecnologia.

Conforme Hiran Castello Branco, fundador da AmazonasCap, esse espaço da Anhembi Morumbi tem estrutura completa para que cada startup acelerada se desenvolva, cresça e consiga operar de forma própria. “Os benefícios para as startups participantes são posições de trabalho no Kapok e mentorias para preparar a startup para o Investors Day” explica Castello Branco.

De acordo com Hiran, o tempo de cada startup no espaço é de 4 meses. “A cada ciclo, serão selecionadas 4 startups de alunos e ex-alunos e 2 de fora” disse o fundador. Até que as startups tenham desenvolvido seu MVP, a AmazonasCap não aporta capital. Para quem está aguardando essa oportunidade, o próximo ciclo começa no próximo mês, de acordo com Hiran. Basta acessar o site da Universidade. “Os editais do programa com a AnhembiUp são publicados no site da Universidade. O edital do próximo ciclo será publicado em dezembro. Demais empreendedores podem preencher formulário disponível para aplicação no site da AmazonasCap”

Apenas atuando há 2 anos, a AmazonasCap já acelerou 20 empresas, em diversos ramos de atuação, sendo alguns desses automotiva, logística, entretenimento, aeroespacial, educação e aeroespacial. “Temos o diferencial de ficar ao lado das aceleradas e viabilizar rapidamente seus desafios. O princípio fundamental é obter resultados juntamente aos empreendedores, empreendendo. Nós passamos longe da especulação financeira” finaliza.

Notícias da semana – Android One recebe nova funcionalidade

Notícias da semana – Android One recebe nova funcionalidade

Google anuncia a funcionalidade Bem-Estar digital para Android One

Na quarta-feira (21), a Google anunciou que a funcionalidade Bem-Estar digital já começou a ficar disponível para aparelhos com Android One. Essa funcionalidade trata-se de um conjunto de ferramentas que auxilia o usuário a controlar seu telefone de diversas maneiras.

Dentre os recursos, existe um novo painel de controle, que ajuda o usuário a saber com que mais gasta tempo em seu Smartphone. Também foi implementada uma função que seria um app timer, no qual o usuário define um limite de tempo para aquele aplicativo ser utilizado. Assim que o tempo acaba, o aplicativo fica com o ícone cinza na tela inicial.

O recurso não perturbe também foi melhorado, agora além de silenciar qualquer som, também silencia interrupções visuais que possam aparecer na tela. Por fim, foi adicionado o recurso wind down, que liga a iluminação noturna, que trabalha em conjunto com a função não perturbe, deixando a tela em tons de cinza quando chega a hora do usuário dormir.

No Brasil, o primeiro aparelho a ser contemplado com os recursos do Bem-Estar Digital foi o Motorola One, Android One lançado recentemente no mercado brasileiro pela Motorola. Porém, o recurso também está disponível para aparelhos Pixel, que antes já podiam até mesmo testar a versão beta das funcionalidades.

Vender mais na Black Friday: 9 Dicas Cruciais

Vender mais na Black Friday: 9 Dicas Cruciais

Vender mais na Black Friday: Utilizando uma Landing Page de promoção

A Landing Page, quando feita com antecedência, pode ser uma ótima forma de coletar dados de leads. Porém, se você não tem, ainda dá tempo. Não se esqueça de utilizar um fundo preto, característico da data e detalhes em vermelho, que são os mais usados. Assim, logo de cara o lead entenderá do que se trata aquela landing page. Não se esqueça de fazer seus leads sentirem que são importantes e que possuem uma vantagem maior sobre os demais. Para isso, é interessante utilizar de call to actions como “seja o primeiro a saber”, “fique por dentro”, “não perca a promoção” e até mesmo o clássico “me avise”. Outro elemento que pode ser utilizado em sua landing page pois chama bastante a atenção dos leads, é uma contagem regressiva até a data da Black Friday. As Landing Pages podem ser essenciais para vender mais na Black Friday.

Vender mais na Black Friday: Não se esqueça da pop-up de saída

A pop-up de saída pode ser o fator determinante para captar leads. Essa função mostra o pop-up apenas quando o usuário está prestes a sair da página. Nela, você pode utilizar frases como “última chance” ou “último chamado” para que o lead tome a ação que você deseja. É muito útil, pois grande parte dos leads acaba desistindo de sair da página quando vê essa pop-up, parando assim para ler o seu conteúdo e se for chamativa o suficiente, isso fará com que o lead tome a ação que você precisa.

Vender mais na Black Friday: Faça um investimento em mídia paga

Google AdWords, Facebook Ads, Instagram Ads e Twitter Ads podem ser de grande ajuda para que sua empresa seja vista em meio a tantos concorrentes e possa captar bastante leads. Nessas plataformas, você ainda pode segmentar seus anúncios para tipos de pessoas específicas, o que com certeza gera um interesse muito maior por parte do consumidor. Afinal, ninguém clica em uma propaganda que não é do interesse. Mas quando a propaganda condiz com os interesses daquela pessoa, por mais que ela não tenha a intenção de comprar naquele momento, vai visitar o site de seu negócio. Assim, aumentam-se as chances da captação de leads. Utilizar um código de remarketing para quem já visitou sua landing page também pode ser bem útil.

Vender mais na Black Friday: Tenha sempre um bom estoque

É muito importante ter o estoque preparado antes da Black Friday. Isso evita que consumidores fiquem frustrados por não conseguirem realizar a tempo uma determinada compra. As empresas vendem muito na Black Friday, os clientes querem comprar muito na Black Friday, Por isso, é importante ter sempre os produtos que você vai por na promoção em estoque, para que assim, seu estabelecimento tenha uma grande vantagem competitiva com relação a concorrência.

Vender mais na Black Friday: Analise os dados das Black Fridays que você já participou

Normalmente, geram-se dados desse período, como as palavras-chave que trouxeram mais tráfego, as estratégias que funcionaram melhor, o número de visitas, o número de vendas e a receita ganha. Analisar esses dados pode render muito mais lucro e assim, você pode traçar metas e objetivos com muito mais facilidade. Você também deve analisar o número de acessos simultâneos, para se certificar de que seu site não vá cair se tiver muitos acessos e analisar também a interação do público. Além disso, também fique preparado para interagir em tempo real caso algum problema venha a ocorrer, seja em seu site ou seja com algum cliente. Ao analisar os dados, você terá a capacidade de atingir em cheio o público-alvo que você deseja e manter o público que você já tem.

Vender mais na Black Friday: Não menospreze os visitantes mobile

Cerca de 22% da população brasileira que acessa a Internet através de dispositivos móveis já pesquisou por algum produto para compra, 15% realmente comprou um produto pelo celular. Sabendo disso, é importante otimizar seu site para que visitantes mobile possam acessar, é importante também que a navegação seja fácil e rápida, pois assim, seus visitantes se sentirão a vontade. Uma das maiores queixas dos usuários mobile é o fato do site funcionar bem no PC, mas de forma péssima no celular. Por isso, dê suporte a esses compradores, pois eles com certeza irão se sentir a vontade e lembrar da boa experiência que seu site os proporcionou.

Vender mais na Black Friday: Tenha um ótimo atendimento

Colocar o cliente em primeiro lugar é parte de uma cultura que só traz sucesso e crescimento para as empresas. É de extrema importância atender seus clientes da melhor forma possível. Por isso, saiba que na Black Friday a atenção dedicada aos clientes deve ser ainda maior. A concorrência é gigantesca, exatamente por isso, para não afastar seus clientes para outra empresa que possa lhe dar a atenção devida, atenda seus clientes com maestria quando eles entrarem em contato com você.

Vender mais na Black Friday: Fique preparado para dar suporte em tempo real

Seguindo a linha da dica anterior, é importante que sua empresa esteja pronta para dar suporte em tempo real para seus visitantes. Como a data é única, não existe a possibilidade de seu cliente esperar para ser atendido. Se isso acontecer, ele vai logo procurar uma outra opção, pois não pode perder tempo. Importante: Não esqueça das mídias sociais. Muitos clientes costumam tirar dúvidas nas páginas do Facebook das empresas ou enviando mentions e DMs no Twitter. Tenha sempre uma equipe preparada e pronta para dar suporte aos seus consumidores.

Vender mais na Black Friday: Honestidade é tudo: Ofereça descontos reais

Muitas empresas desonestas fazem a Black Friday ser chamada de “Black Fraude”, pois os descontos são inexistentes. Quer um exemplo? Tal empresa vende seu produto normalmente a R$ 100,00. No dia da Black Friday, a empresa põe que o produto custa R$ 200,00 e oferece um desconto falso de 50%, vendendo assim a R$ 100,00, ou seja, o preço que custa normalmente. Muitos clientes costumam pesquisar os preços dos produtos com meses de antecedência, para que assim, saibam realmente seu valor no mercado e que desconto estão ganhando na Black Friday. Não faça parte dessas empresas que usam de má fé, dê descontos reais para o consumidor mas que também sejam vantajosos para você. Com isso, você só sai ganhando, pois o consumidor adquire uma enorme confiança na sua empresa e ainda a recomenda para outras pessoas.