Aprender a usar o LinkedIn Live

2/2/2021

Atualmente existem milhões de redes sociais pela internet cada uma focando em um público específico. Mas, nem sempre a web foi um lugar tão vasto de opções de convívio social. Com o surgimento de algumas novidades, decidimos ajudar você a aprender a usar o LinkedIn Live.

Essa rede social é bastante interessante visto que nos permite criar perfis que contém todas as suas informações profissionais. Assim, servindo como uma espécie de currículo virtual. Sua relevância vem se tornando maior com a passagem dos anos e a rede social deixou de ser um local somente para montar seu currículo.

O LinkedIn já possui mais de 500 milhões de inscritos desde de 2017, quando atingiu essa marca que o tornou uma das maiores redes sociais do mundo. E provavelmente a maior focada em negócios e contratações de profissionais. Essa já é uma ferramenta estratégica de muitas empresas que conseguem fechar negócios e contratar profissionais por ela.

Os responsáveis pelo LinkedIn vem adicionando diversas funcionalidades a rede social, para permitir que mais negócios sejam feitos de forma rápida e prática. Aproveitando assim o crescimento para melhorar ainda mais o serviço. Se você quer se dar bem nessa plataforma, é importante aprender a usar o LinkedIn Live.

O que é LinkedIn?

O LinkedIn foi criado em 2003, sendo uma rede social que reúne profissionais de sucesso e é muito relevante. Assim, ao longo dos anos foi passando por mudanças até chegar ao formato que conhecemos hoje.

O LinkedIn surgiu na mesma época em que diversas redes sociais foram criadas, mas poucas conseguiram o mesmo nível de sucesso do LinkedIn. A plataforma é basicamente uma rede profissional onde cada usuário pode criar o seu perfil e pode seguir ou fazer conexões com outras contas, de pessoas e empresas.

Um perfil nessa rede social conta com diversas informações como:

·       Uma foto e a sua capa de perfil;

·       Seu nome, cargo, local e informações de contato;

·       Suas competências e recomendações;

·       As conquistas que recebeu, como: prêmios, projetos, publicações;

·       Suas atividades publicadas, como: artigos, publicações, reações em posts;

·       Um local para redigir sua biografia;

·       A experiência profissional que você possui, igual um currículo;

·       Toda a sua formação acadêmica;

·       Licenças e certificados, que possui;

·       E claro, quais são os seus interesses.

Portanto, cabe ao usuário aproveitar todas essas possibilidades e rechear o seu perfil com informações.

Evolução ao longo dos anos

No começo, o LinkedIn não era tão sofisticado quanto é hoje, sendo uma rede social mais simples que tinha como objetivo principal ampliar as suas conexões profissionais. Mas, conforme a quantidade de usuários foi aumentando, a empresa foi fazendo investimentos em mais funcionalidades, até chegar na atual versão.

Existem muitas ferramentas que foram desenvolvidas no LinkedIn, mas elas se baseiam em lógicas de negócio. Basicamente, cada uma das funcionalidade existentes são feitas para servir a uma das 4 vertentes explicadas abaixo:

·    Funções que auxiliam os candidatos a encontrar um emprego quando estão à procura: isso é feito com a lista de empregos disponíveis e a possibilidade de se candidatar a vaga através da própria plataforma;

·    Funcionalidades que permitem aos times de vendas das empresas, encontrar e fazer conexões com alguns ou vários clientes em potencial;

·  As ferramentas que servem para recrutar profissionais, essas usadas especialmente para selecionar candidatos que não estão buscando um emprego de maneira ativa. Contudo, tem um perfil que é adequado para a empresa que fez a procura;

      Linha do tempo de publicações para que os indivíduos mantenham contato com as suas conexões ou perfis que seguem, assim compartilhando e consumindo conteúdo.

O LinkedIn pode ser acessado a qualquer hora, assim sendo possível fazer contato com profissionais de qualquer lugar do mundo, independente do seu fuso horário. É uma excelente ferramenta, principalmente se você aprender a usar o LinkedIn Live.

Para que serve o LinkedIn?

Independente se você é profissional com anos de carreira ou um estudante em busca de estágio, o LinkedIn é um ótimo local para você. Ele lhe permite buscar vagas de empregos ou se for dono de uma empresa, possibilita encontrar profissionais. Aliás, muitas empresas já o usam como uma forma de recrutar indivíduos.

Empresas que buscam divulgação através do Marketing Digital também veem o LinkedIn com bons olhos, pois é fácil encontrar profissionais interessados nos seus produtos. Você pode divulgar posts e materiais, criar anúncios, entre outros meios de atrair clientes.

O que é o LinkedIn Live?

Como todos sabemos, a produção de conteúdo ao vivo se tornou uma tendência cada vez mais forte na internet. Várias plataformas já disponibilizaram essa ferramenta para que seus usuários a utilizem. E ela finalmente chegou ao LinkedIn.

A ferramenta foi disponibilizada ainda em 2019, contudo, mais recentemente começou a ganhar maior relevância. Pois, permite novas possibilidades em relação a criação de conteúdo para divulgar sua marca ou produtos. Na sequência, explicaremos melhor sobre essa interessante nova ferramenta.

Como realizar uma LinkedIn Live?

Saiba que o LinkedIn Live possui algumas especificações técnicas que são relevantes para quem vai usá-lo. Você pode fazer uma live de 20 minutos até 4 horas de duração, então tempo não é um problema para a maioria das pessoas.

É exigido uma alta qualidade de imagem para se fazer uma live, ela precisa ter uma resolução de 16:9, não sendo aceito qualquer outra proporção, senão essa. A qualidade HD precisa ser de 1080p e 30 FPS, no momento essa é a única opção, mas a empresa prometeu mais opções para o futuro.

Muitos equipamentos podem ser utilizados para fazer com que a live possua mais qualidade, como:

·       Uma boa câmera;

·       Um tripé;

·       Microfone;

·       Iluminação;

·       E claro uma conexão boa com internet, sendo estável e rápida.

Infelizmente, ainda não existe como fazer uma live no LinkedIn sem possuir um encoder profissional. Por isso, se achar necessário contratar uma equipe especializada no assunto, pode ser uma boa saída.

Aprender a usar o LinkedIn Live: quem pode fazer uma live?

Depois de seu anúncio e lançamento no ano de 2019, todos os usuários da plataforma passaram a poder desfrutar das transmissões ao vivo. Seja através dos seus celulares ou computadores.

Contudo, nem tudo são flores. Para realizar uma transmissão ao vivo é necessário que seja permitido pelo Linkedin, pois não é algo acessível a todos os usuários. Por mais que a plataforma disponibilize o LinkedIn Live para páginas pessoais e de empresas, é necessário solicitar autorização do LinkedIn para produzir o conteúdo.

O procedimento é bem simples: você só precisa preencher um formulário solicitando o acesso a funcionalidade. Depois disso você receberá um e-mail com a confirmação de acesso ao LinkedIn Live. Mas, existe a possibilidade de você não ser aprovado, devido à grande quantidade de indivíduos interessados.

Vantagens de fazer uma live no LinkedIn

Atualmente o LinkedIn já conta com 600 milhões de usuários espalhados por mais de 200 países em todo mundo. No Brasil, onde possivelmente está seu público-alvo, existem 41 milhões de usuários, o que é uma parte interessante da nossa população.

Sendo a maior rede social de networking na internet, essa é uma excelente escolha para se divulgar. Pois, não só um lugar para colocar o seu currículo ou procurar um lugar para trabalhar. É uma plataforma onde pode fortalecer a sua marca e compartilhar conteúdos voltados a disseminar os seus produtos e o nome da sua empresa.

A ampliação de contatos é mais um dos pontos fortes que essa plataforma nos oferece. Com a grande quantidade de funcionalidades, essa provavelmente é a melhor rede social para se fazer negócios. Aliás, segundo estudos, ela é 277% mais eficaz que Facebook ou Twitter.

Existem mais dados que comprovam o quão importante é aprender a usar o LinkedIn Live, como os seguintes:

·       94% dos profissionais de marketing já o utilizam para compartilhar conteúdo;

·       80% dos leads captados em redes sociais são colhidos lá;

·   73% dos profissionais de marketing, o vídeo possui influência positiva no ROI também conhecido como Retorno Sobre Investimento;

·       62% das empresas pretendem adotar transmissões ao vivo;

·       46% das visitas a sites de empresas vindos de mídias sociais são via LinkedIn;

·     Vídeos possuem um número de impressões 30% maior do que outras publicações na plataforma.

A verdade que muitas pessoas já estão percebendo é que transmissões ao vivo ou lives, como queira chamar, possuem um desempenho melhor do que vídeos gravados na hora de se fazer Marketing Digital. Pois, possuem um maior engajamento, segundo estudos, tendo 7 vezes mais reações do público e 24 vezes mais comentários.

Quais conteúdos podem ser transmitidos no LinkedIn?

Como o LinkedIn é uma empresa séria para negócios, eles possuem regras rigorosas quanto ao conteúdo que pode ser transmitido. Assim, o foco do vídeo deve ser sobre a sua carreira ou desenvolvimento profissional

Conforme a própria plataforma, qualquer conteúdo que siga suas diretrizes é bem-vindo ao Linkedin. Podendo ser conteúdos como:

·       Anúncios de produtos;

·       Entrevistas;

·       Vídeos de bastidores;

·       Sessões de perguntas;

·       Transmissões de eventos corporativos.

Eles afirmam que para aprender a usar o LinkedIn Live é necessário já possuir certa experiência, para oferecer conteúdo já preparado. Assim, muitas pessoas recomendam usar outras plataformas para ganhar experiência como Instagram e Facebook, que também lhe permitem fazer lives.

Quando você estiver apresentando ou após isso, poderá acompanhar o seu desempenho através de métricas disponibilizadas pelo próprio LinkedIn Live. Que são coisas padrões como o engajamento e a quantidade de visualizações. Você também ganha acesso aos detalhes das pessoas que estavam lhe acompanhando, permitindo criar estratégias de marketing.

Ao aprender a usar o LinkedIn, cultive boas práticas

Depois de ver tudo isso, é importante que você saiba que é fundamental se portar bem diante das câmeras, para ser mais bem visto na plataforma. Pois, somente saber os conteúdos e as questões técnicas sobre o LinkedIn não é o suficiente.

Existem boas maneiras que podem fazer com que você consiga atingir muito mais público, oferecendo o seu serviço ou produto.

Prepare seu conteúdo com antecedência

Antes de começar qualquer live é importante que já tenha um conteúdo programado. Para isso é importante se planejar com antecedência, pensando em tópicos que vai querer abordar e assim fazendo um rascunho que poderá recorrer em momentos de branco.

Pesquisar sobre um assunto que vai falar e ainda não domina é fundamental. E claro, se tiver mais pessoas participando da sua LinkedIn Live é importante combinar os detalhes antes de começar a transmissão.

Saiba como se portar em frente à câmera

Outro ponto fundamental é se portar bem no vídeo. Deve-se tomar muito cuidado para que o conteúdo da sua live seja algo que gere valor e não um conteúdo que desagrade o seu público. Para isso, o passo anterior é importante, assim como treinar o que vai falar é fundamental, contudo, você não deve parecer mecânico, precisa passar autenticidade.

Cuidar da aparência e da linguagem corporal também é importante para um bom desempenho em sua live. E como o conteúdo é ao vivo, você precisa interagir com o seu público, para que ele se sinta mais interessado em participar e quem sabe comprar o seu produto.

Planeje a duração da sua live

Ter em mente quanto tempo vai durar a sua live é relevante. Quando você inicia uma transmissão o LinkedIn envia uma notificação à sua rede de contato, assim avisando da sua transmissão ao vivo.

A plataforma recomenda que você esteja preparado para fazer uma live de pelo menos 20 minutos. É fundamental que seu conteúdo seja auto explicativo a qualquer momento que alguém entrar na live. Porque o conteúdo ao vivo possui uma rotatividade bastante grande de indivíduos assistindo. E a maior parte deles não está presente desde o começo.

Como você viu, realmente não é tão difícil aprender a usar o LinkedIn Live, basta somente um pouco de prática e conhecer bem a plataforma.



[Formação] Como ganhar de 10 à 15 Mil por mês, apenas escrevendo cartas de vendas!
clique aqui para saber mais!