Nanoinfluencers o que são?

10/9/2020

Quantos seguidores você possui nas redes sociais? Nanoinfluencers o que são? Já ouviu falar neste termo? É o nome pelo qual são chamados os usuários que possuem entre 1 mil e 10 mil seguidores em alguma rede social. Aliás, diversas empresas têm investido em campanhas focadas nestes perfis.

Existem pessoas que adotam as mais variadas estratégias com o objetivo de aumentar os seguidores nas redes sociais. Qual foi a coisa mais louca que você já fez? Crescer aos poucos é bom pelo fato de construir uma audiência sólida, que continuará por um bom tempo acompanhando o seu trabalho.

De fato, as pessoas são facilmente influenciadas. Se elas seguem um influencer e veem ele usando ou recomendando um produto, provavelmente pensarão em consumi-lo. Afinal, nanoinfluencers o que são? É isso que você confere a partir de agora!

VEJA TAMBÉM: Gatilhos mentais para vendas

O que são nanoinfluenciencers?

Os nanoinfluenciadores são usuários das redes sociais que possuem entre 1 mil e 10 mil seguidores. Por mais que a audiência seja pequena e muitas pessoas tenham estes números, é um público segmentado. Assim, o nanoinfluenciador é um usuário que geralmente aborda um tema específico.

Alguns classificam os nanoinfluenciadores como um "cidadão digital" que não possui muitos seguidores. Desse modo, não participam de campanhas e outras coisas que fazem parte do mundo dos influenciadores com mais seguidores.

Só que essa barreira pode ser quebrada com a evolução do marketing digital. Um usuário com 5 mil seguidores, por exemplo, pode despertar o interesse de alguma marca. Ele não consegue atingir muitas pessoas, mas se a empresa trabalha desse modo, com vários nanoinfluenciadores, pode chegar longe.

Os nanoinfluenciadores fazem parte do quinto nível de influenciadores. Confira os níveis:

Nanoinflenciador: até 10 mil seguidores;

Microinfluenciador: de 10 mil até 100 mil seguidores;

Intermediário: entre 100 mil e 500 seguidores;

Macroinfluenciador: de 500 mil a 1 milhão;

Megainfluenciador: mais de 1 milhão de seguidores.

Portanto, se você tem mais de 1 mil seguidores, pode se considerar um nanoinfluenciador. Você quer ter mais audiência? O que está fazendo para aumentar o seu público?

Diferença entre as categorias de influenciadores

Praticamente todos que chegaram ao último nível já foram nanoinfluenciadores. Assim, cada uma das categorias atua de uma forma:

Nanoinfluenciadores: possuem baixo alcance e conseguem interagir com todos os seguidores. Os mais ativos conseguem engajar o público que lhes segue.

Microinfluenciadores: a audiência que lhes acompanha é específica, tornando o engajamento algo eficaz e com alta intensidade. Por mais que não tenham um grande "poder" em mãos, conseguem influenciar o público que os segue.

Macroinfluenciadores: são pessoas que ganharam espaço por meio da internet, alguns são blogueiros e usam as ferramentas digitais como podem. Além disso, geralmente possuem uma interação próxima com o público.

Megainfluenciadores: eles chegam a um patamar elevado, muitos são youtubers, algo que esteve em alta principalmente durante a metade da década de 2010. Uma publicação deles chega bem longe, gerando cliques compartilhamentos.

Publicar conteúdo de qualidade nas redes sociais é uma das formas mais eficazes para aumentar o número de seguidores nas redes sociais. É preciso entregar coisas que realmente chamam atenção e agreguem ao público seguidor.

Nanoinfluencers o que são? Qual é a diferença para os outros?

Até alguns anos atrás havia um forte mercado voltado para a compra de likes e de seguidores. Dessa forma, havia a sensação de encontrar um perfil fake de engajamento. A partir disso, foram realizadas diversas pesquisas sobre o assunto. Muitos deles eram conhecidos, mas não exerciam nenhuma influência sobre os seguidores.

Em suma, a maior diferença dos nanoinfluencers para os outros tipos é a conexão que eles possuem com o público. Podem criar uma verdadeira ligação com os seguidores, já que é um público menor e por isso conseguem estabelecer contato. Responder comentários e interagir é a melhor maneira de mostrar essa força.

A própria audiência é capaz de influenciar os nanoinfluencers. A maior inspiração são os seguidores, que podem contribuir com ideias de conteúdos, por exemplo. De fato, para ser influenciador é preciso ter uma relação com a comunidade, lançando novos conteúdos e sugerindo ações.

Não é difícil que uma pessoa com até 500 mil seguidores desista de ser influencer. Há uma década praticamente não havia brasileiros com mais de 100 mil seguidores no Instagram, hoje algumas contas de famosos passaram de 30 milhões. Mas, sem a televisão ou o YouTube para chegar lá, o caminho é um pouco mais longo.

Eles geralmente produzem conteúdos de seu gosto, alguns não possuem uma responsabilidade com novas publicações periódicas. Só que conforme os números vão aumentando, a privacidade vai diminuindo, algo enfrentado principalmente por aqueles que já possuem mais de 1 milhão.

É possível fazer campanhas com nanoinfluenciadores?

Os nanoinfluenciadores podem ser uma boa para empresas que desejam engajamento. Conforme números da CMS Wire, o engajamento deles chega a 8,7% enquanto para os megainfluenciadores é somente de 1,7%.

As grandes marcas podem ter duas formas de abordagem: contratar influenciadores com muitos seguidores ou mais influenciadores com menos seguidores. A segunda opção pode sair mais barato e é uma maneira de chegar a um público relevante.

De fato, as pessoas se sentem mais à vontade para comprar um produto quando veem que ele já foi testado por outro. E se um item está sendo divulgado por um influenciador, julgam que aquilo é algo interessante.

Por que apostar neles?

De fato, as mídias tradicionais cada vez mais perdem espaço para a internet. Anunciar no rádio ou em jornais não é uma boa ideia, além de sair muito caro. É cada vez mais importante elaborar estratégias consistentes para o uso do marketing digital. Não basta apenas trabalhar bem o Google, é necessário cuidar das redes sociais.

Por isso, se você é empreendedor, pode ser um bom caminho desenvolver uma parceria com nanoinfluencers. Isso é algo válido mais para empresas que possuem atuação local ou regional. Esse tipo de ação não costuma ter um grande investimento, mas pode beneficiar a sua marca de diferentes maneiras.

Como trabalhar com nanoinfluencers?

Nanoinfluencers o que são? Agora você já sabe! Existem três itens que precisam ser considerados se o objetivo é trabalhar uma campanha com a participação deles:

Briefing: deve constar as intenções da campanha. É algo que permitirá ao influencer trabalhar ações junto ao seu público.

Objetivo: é preciso que eles sejam claros. Enfim, não foque em números, é preciso avaliar todas as formas de interação.

Pense além das redes sociais: é fundamental usar a criatividade, convidando os parceiros para eventos da empresa e coisas do tipo, busque formas de fortalecer a parceria.

Portanto, pode ser uma boa ideia ter ao seu lado pessoas que são capazes de atrair novos interessados para a sua marca.

LEIA MAIS: O que é LGPD? Entenda tudo sobre o assunto

E você? Está em busca de mais seguidores? Se possui uma empresa ou quer viralizar nas redes sociais, vá até o fim desta página e clique em “QUERO CRESCER”. Nós podemos ajudar você a multiplicar o número de seguidores!



[Formação] Como ganhar de 10 à 15 Mil por mês, apenas escrevendo cartas de vendas!
clique aqui para saber mais!