Tudo o que você precisa saber antes de planejar o frete do seu e-commerce

1/12/2021

Planejar o frete do seu e-commerce oferece inúmeras vantagens, tanto para os lojistas, quanto para os clientes. Vender e comprar pela internet é muito prático, e tem conquistado cada dia mais os consumidores. Então, como planejar com o frete do seu e-commerce? Hoje você vai aprender tudo sobre esse assunto, e garantir um melhor rendimento pelas vendas virtuais.

Ao falarmos de e-commerce, os vendedores e os consumidores costumam enxergar todos os pontos positivos e negativos do valor e prazo da entrega. Para não perder vendas, é necessário ter o frete atrativo, assim como os outros aspectos da loja virtual. Desta forma, o cliente terá uma boa experiência com a compra.

Caso você não saiba como planejar corretamente o frete do seu e-commerce, siga algumas dicas desse texto, para que seja possível organizar suas entregas da melhor maneira possível. Assim, será fácil garantir um serviço que seja benéfico tanto para você quanto para seu cliente. Aliás, passar confiança neste momento é algo importante para o sucesso do seu negócio.

VEJA AINDA: Como vender online todos os dias? Saiba o que precisa

Como funciona um e-commerce?

Primeiramente, para compreender melhor o que é o e-commerce, é necessário entender como funciona a plataforma de comércio eletrônico. A seguir, você vai conhecer tudo sobre essa modalidade tão prática e efetiva de realizar vendas. Além disso, vamos explicar como planejar o frete do seu e-commerce.

Nesse modelo de negócio, os produtos são anunciados em redes sociais ou sites, que funcionam como uma vitrine. Assim, os links possuem informações sobre o produto, características e especificações técnicas, os produtos ficam à disposição do cliente. Então, é possível adicioná-lo ao carrinho de compra, ou ainda ir direto para o pagamento.

Para fazer o pagamento, é necessário criar um cadastro na loja virtual, fornecendo dados como nome, CPF e endereço de entrega. Com o cadastro realizado, o comprador vai selecionar o endereço onde os produtos devem ser entregues, bem como a modalidade de entrega a ser cumprida pelo anunciante.

E o envio da compra, como funciona?

O envio de produtos é separado em quatro etapas: notificação, coleta, rota e entrega. A primeira etapa se refere ao momento em que a loja recebe o pedido, e necessita separá-lo no estoque, enquanto a segunda, embalar os produtos, e deixá-los prontos para o despacho.

Já a terceira etapa é onde entra o cálculo de frete, no qual a empresa não pode prejudicar sua própria margem de lucro. E, por último, é o momento da entrega para o consumidor final. Assim, as compras feitas pela internet são devidamente entregues aos compradores, e a loja não perde por não realizar a venda presencialmente.

Para que o e-commerce tenha sucesso, é necessário criar laços com o público, mostrando como o seu produto pode agregar mais a vida dele, sem ser necessário empurrar aquela venda. Nesse ponto, as empresas devem investir em marketing digital, e trazer qualidade no processo de venda e atendimento ao cliente.

Entregue os produtos na data combinada e ganhe pontos com os clientes

Para evitar mal entendido, bem como aumentar sua reputação, jamais deixe faltar informações a seu cliente. Sempre deixe esclarecido quais são os prazos de confecção, postagem, e prazo de entrega. Por isso, quando planejar o frete do seu e-commerce, tente sempre entregar os produtos nas datas combinadas ou antes disso.

Então, será necessário deixar bem claro ao cliente que os dias devem ser acrescentados ao prazo de entrega da transportadora. Por exemplo, um produto pode levar três dias úteis para ser confeccionado, três dias úteis para ser postado, e sete dias úteis para ser entregue. Assim, é preciso informar ao consumidor que o total será de 13 dias úteis para a entrega final.

Como planejar o frete do seu e-commerce?

Ao vender pela internet, o primeiro aspecto que se deve levar em consideração, é avaliar o melhor meio de envio. Para muitos lojistas, enviar um produto significa que ele deve utilizar os Correios.

Essa empresa estatal costuma ser uma opção, porém não é a única do mercado. Seus prazos e tarifas costumam variar bastante, de acordo com o tamanho, peso e quantidade de produtos. Por esse motivo, é necessário recorrer às diferentes transportadoras, pois cada uma terá condições diferentes.

Quando vale a pena oferecer frete grátis?

Uma das estratégias mais utilizadas pelos lojistas de e-commerce para ser mais atrativos que seus concorrentes, é o frete grátis. Ao oferecê-lo, o cliente automaticamente achará sua loja mais interessante.

A estratégia exige bastante análise, para que não atrapalhe o faturamento do negócio. Então, o recomendado é criar promoções. Por exemplo: Acima de R$ 150,00, o frete é grátis. Entretanto, jamais deixe de repassar o custo de envio de cada produto ao cliente.

Oferecendo frete grátis ao alcançar determinado valor, você atrairá clientes, e não impactará tanto no seu orçamento. Dessa forma, também, o cliente gastará mais que o planejado, para conseguir alcançar este valor e ter direito ao frete grátis.

Porém, para que essa estratégia tenha sucesso, é necessário investir em divulgação. Isso porque os critérios da promoção de frete grátis devem ser claros e estar em bastante evidência. Uma ideia é colocar selos nos produtos que fazem parte da promoção. Você também pode utilizar as redes sociais para fazer a divulgação.

Outra forma utilizada para oferecer frete grátis, sem atrapalhar nos lucros, é aumentar o valor do produto em 10%. Dessa forma, o custo do envio não sairá 100% do seu faturamento. Assim, você pode planejar o frete do seu e-commerce e não comprometer nos rendimentos da empresa.

Rastreamento de encomendas

Assim que o cliente efetua uma compra online, é normal que ele fique ansioso para receber o produto em mãos. Então, para amenizar a ansiedade, e deixar o cliente mais tranquilo, forneça o rastreamento de encomendas.

Para poder fornecer o código de rastreamento, deve-se utilizar transportadoras e outras plataformas de entrega que possuem esse serviço. Com rastreamento, o cliente consegue acompanhar o pedido, saber onde exatamente ele se encontra, e se programar para recebê-lo

Logística Reversa

É inevitável que, em algum momento, o produto precisará ser trocado ou devolvido. Quando isso acontecer, seu negócio precisará estar preparado para oferecer as soluções mais viáveis ao seu cliente. Então, essa é mais uma questão que deve ser pensada quando for planejar o frete do seu e-commerce.

Uma estratégia muito utilizada nessas situações é a logística reversa. Ela é, basicamente, o caminho de volta de uma encomenda que, ao chegar ao consumidor, precisou retornar para o E-commerce. Para ela funcionar corretamente, é necessário planejamento. E, para isso, é necessário montar sua política de trocas e gerenciamento de devoluções.

Como é calculado o frete do e-commerce?

Para realizar o cálculo de frete das mercadorias, basta saber a origem e o destino da encomenda, peso, dimensões da embalagem e prazo de envio. Entretanto, os valores não são fixos, e podem variar entre as transportadoras. Porém, todas levam em consideração o volume da mercadoria. Para chegar ao valor do frete, as transportadoras comparam o peso físico e o volume da embalagem.

VEJA TAMBÉM: Como criar uma loja no Instagram?

Se você quer saber mais sobre o frete do seu e-commerce e conhecer outras formas de tornar o seu negócio mais dinâmico, vá até o fim desta página e clique no botão “QUERO CRESCER”. É só preencher todas as informações e nós entraremos em contato!



Aplique nossa metodologia e cresça até 58% em 30 dias no Instagram. Clique no botão abaixo e entenda como:
Quero crescer