O marketing digital já não é mais um diferencial de empresas que vendem online e sim algo essencial. Por isso, é preciso conhecer todas as estratégias que são colocadas em prática neste desenvolvimento. Assim, fazer análise da concorrência é algo importante, possibilitando conhecer os adversários.

Basicamente não importa se o seu site já está no ar ou se é algo novo, começando do zero. É fundamental conhecer e acompanhar o que os seus concorrentes estão fazendo, o que vai ajudar na tomada de decisões importantes. Mas, isso não quer dizer que é para copiar o conteúdo produzido por eles, nada disso.

A concorrência é algo importante para os clientes, já que assim surgem novos produtos, a tecnologia melhora e os preços caem. Entretanto, para os empreendedores a concorrência é vista como algo que precisa ser vencido e superado. Outros enxergam como uma oportunidade de evoluir e melhorar o processo de produção e de vendas.

Não adianta ter uma visão negativa da concorrência, ela sempre continuará existindo. Então, é interessante descobrir a forma como agem, para utilizar a sua criatividade e superar essa condição.

Por que fazer análise da concorrência?

Fazer a análise da concorrência é algo que pode trazer diversos benefícios para o seu negócio. Dessa forma, será possível descobrir como a sua empresa está posicionada em relação aos seus concorrentes. Por que outro site semelhante vende mais do que o seu? Essa é uma oportunidade de buscar respostas completas e seguras.

Ao fazer análise da concorrência será possível identificar a forma como as empresas estão se planejando e agindo. Com isso, será possível avaliar quais ações estão dando certo, sendo que algumas delas podem ser aplicadas no seu negócio.

Alguns empreendedores até podem achar que é antiético avaliar o que a concorrência está fazendo. Mas, é algo naquele estilo “nada se cria, tudo se copia”, porque é difícil inventar algo totalmente inédito, ainda mais com tantos concorrentes. Então, essa é uma prática comum das grandes empresas, que sempre estão de olho nas rivais.

Pense no seu negócio como um todo

Antes de fazer análise da concorrência é preciso pensar no seu negócio como um todo. Assim, é fundamental conhecer as próprias características, como:

  •       Produtos comercializados;
  •       O porte do seu negócio;
  •       Locais de atendimento;
  •       Custo dos produtos;
  •       Público-alvo.

Somente depois disso é que deverá ser feita a avaliação dos concorrentes. Ou seja, é necessário conhecer o seu próprio campo de atuação, para não cometer nenhum erro durante a análise.

Quem são os seus concorrentes?

Para fazer análise da concorrência você deve começar pela definição dos seus concorrentes, parece óbvio. Mas, nem sempre empresas que vendem produtos semelhantes são consideradas rivais, principalmente devido a definição do público-alvo. Então, o concorrente é aquele que possui o mesmo público-alvo do que o seu.

Ou seja, é preciso saber claramente qual é o seu público-alvo, o que inclui faixa etária, faixa de renda e a localização geográfica. Dessa forma, uma loja que trabalha com os mesmos produtos do que o seu, mas é localizada em outra cidade ou outro estado, não deve ser considerada uma concorrente.

Em uma análise profunda de concorrência, é necessário avaliar empresas que criam conteúdo direcionado para a mesma persona do que a sua. Dessa forma, é interessante buscar por empresas que desenvolvem materiais focados nas mesmas pessoas do que você.

Ferramentas para fazer análise da concorrência

Atualmente existem diversas ferramentas que proporcionam uma boa avaliação dos concorrentes. Por isso, a seguir falaremos um pouquinho sobre cada uma delas:

Google Analytics

O Google Analytics é uma ótima ferramenta para ajudar quem está buscando por seus concorrentes. Então, faça uma pesquisa simples utilizando os termos mais relevantes para a sua persona e identifique quais sites aparecem.

Entretanto, alguns concorrentes podem não aparecer nas primeiras posições devido à falta de conteúdo de qualidade, mas continuam abocanhando uma boa parte do mercado. Por isso, essa pesquisa pode não ser definitiva.

SEMrush

Além do Google Analytics, o SEMrush é outra ferramenta interessante para avaliar os maiores concorrentes do seu negócio. Assim, é uma ferramenta que apresenta os principais domínios que concorrem pelas mesmas palavras-chave do que você.

Reclame Aqui

Esse é considerado o principal site do Brasil quanto a reclamações de consumidores. Então, pode ser utilizado como um termômetro para identificar os problemas mais comuns dos concorrentes do seu negócio. Além disso, no Reclame aqui dá para visualizar as respostas dadas.

Google Trends

Olha o Google de novo na nossa lista. Essa ferramenta Google Trends é ideal para monitorar os assuntos mais comentados do momento ou do dia. Assim, é um tipo de informação que pode ser utilizado de variadas formas, auxiliando até mesmo no desenvolvimento de ofertas especiais.

Quais critérios devem ser analisados ao fazer análise da concorrência?

Antes de fazer análise da concorrência é preciso identificar quais parâmetros serão utilizados. Isso pode variar entre um segmento de negócio e outro, gerando uma lista bem extensa. Mas, de modo geral são quatro itens que devem ser considerados:

  • Produtos: defina quais são as principais características dos produtos comercializados pelo seu negócio. Eles usam matéria-prima? São nacionais ou importados? Dessa forma, identifique as diferenças deles para os produtos vendidos pelos concorrentes.
  • Comparativo de preços: quais são os preços dos produtos vendidos por seus concorrentes? Caso sejam mais elevados, é interessante entender se existem benefícios extras ou não. Então, será possível identificar porque as pessoas estão pagando mais num produto semelhante.
  • Público-alvo: esse item é fundamental, já que a análise só é perfeita quando o foco está no público-alvo. Isso vai gerar uma incógnita entre seguir o mesmo caminho deles ou manter o seu.
  • Reputação: o que o público acha das redes sociais e sites dos concorrentes? Avalie se há reclamações e sobre o que, assim como elogios. Esses dados vão ajudar a traçar um perfil completo dos concorrentes.

Com estes critérios definidos ficará mais fácil para identificar quais são as estratégias adotadas pelos concorrentes.

Como fazer análise da concorrência? Avalie a qualidade dos conteúdos dos rivais

Depois que tiver intensificado quais são os concorrentes, é interessante classificar o conteúdo produzido por eles conforme uma escala de qualidade. Isso em relação ao material disponível nos sites, o que inclui textos e imagens. Aliás, são estes itens que vão ajudar num bom posicionamento nos buscadores, sendo uma estratégia do marketing digital.

A qualidade não deve ser medida pelo tamanho do texto, já que uma publicação com 500 palavras pode ter o mesmo valor do que um e-book de 4.000 palavras. Assim, a qualidade está relacionada com as informações passadas no material e também a aplicação das técnicas de SEO, principalmente em relação à escrita.

Uma dica importante e que você até pode ter pensado: quanto melhor posicionado o conteúdo estiver, melhor ele será. Claro, as vezes isso acontece porque a concorrência pela palavra-chave não é grande, o que facilita esse desenvolvimento. Mas, na maioria das vezes é um importante parâmetro.

Avaliar as redes sociais dos concorrentes é uma boa porque dá para perceber como é o engajamento das pessoas. Neste ambiente o conteúdo precisa ser rico e criativo, para chamar a atenção do público, gerando comentários e curtidas.

SEO e sua importância no marketing digital

Search Engine Optimization (SEO) é um conjunto de técnicas que ajudam no posicionamento de conteúdos nos motores de busca. Assim, o SEO é focado no posicionamento orgânico, aquele que aparece logo após os anúncios patrocinados em uma pesquisa feita no Google. Aliás, as pessoas dificilmente passam da primeira página, o que é uma péssima notícia.

O seu conteúdo aparece depois dos concorrentes? Então é necessário melhorar o SEO do seu site. De modo geral, o seu negócio compete pelo mesmo espaço com os concorrentes em relação ao posicionamento no Google. Logo, ele não pode ser deixado de fora dessa avaliação.

Existem sites que oferecem resultados interessantes quanto a palavra-chave, como o Ubersuggest. Assim, é possível identificar se há chances de usar estas mesmas palavras-chave e ultrapassar o concorrente no ranqueamento. Mas, para isso será preciso ter um site veloz e bem otimizado, com conteúdo de primeira.

O marketing digital pode transformar o seu negócio

Investir em marketing digital é algo fundamental para as empresas que pretendem aumentar os seus faturamentos com vendas online. Ou você acha que basta apenas ter um site bonitinho e esperar que os usuários visitem e façam compras?

É necessário abastecer essa plataforma, para que o Google e os outros buscadores, como Yahoo e Bing, garantam um bom posicionamento. Fazer análise da concorrência é importante para saber como agir e superar aqueles que competem pelo mesmo público.

O marketing digital pode transformar o seu negócio e a EngajaTech é especialista neste assunto. Contamos com um time completo de programadores, redatores e designers, para entregar o melhor conteúdo possível. Entre em contato agora mesmo e saiba mais!

Veja também: Como funciona o marketing digital? Guia definitivo grátis