Ocupar a primeira posição do Google e dos outros buscadores é o grande objetivo de qualquer empreendedor. Para isso, é preciso fazer escolha das palavras-chave de uma maneira objetiva. Ou seja, não adianta apenas produzir um bom conteúdo, é preciso utilizar corretamente esse parâmetro.

Hoje em dia o Google já permite uma espécie de leilão pelas primeiras posições, você pode fazer o teste agora mesmo, basta digitar algum termo. Certamente os primeiros resultados terão aquele selo de “anúncio”. Mas, o que estamos falando aqui consiste em buscas orgânicas.

Quando um site é bem desenvolvido desde o seu início, com uma programação diferenciada e escolhendo boas palavras-chave, os resultados tendem a ser positivos. Por isso, o foco precisa ser em uma escolha coerente, que tenha um número razoável de buscas, mas que a concorrência não seja elevadíssima.

Como fazer escolha das palavras-chave? O que levar em consideração neste momento? Hoje você vai descobrir o que deve ser pensado, para fazer a melhor escolha possível! Assim, o seu conteúdo estará mais próximo do público e de cliques que podem se tornar vendas.

O que são palavras-chave?

Você sabe o que são palavras-chave? Conhecidas também como Keywords, consistem no objetivo principal de uma pesquisa. As palavras-chave podem representar um único termo ou algo mais amplo. É a maneira como o usuário escreve em um navegador o que deseja buscar, para solucionar a sua dúvida e ter acesso ao conteúdo que necessita.

Basicamente todas as buscas são originadas por palavras-chave. Esse é um termo muito popular em relação ao marketing digital, já que é importante para a criação de sites e blogs, assim como conteúdos que fazem parte destas páginas. Dessa forma, a definição de uma palavra-chave é importante, para que o buscador possa filtrar o seu conteúdo de maneira correta.

O problema é que a concorrência pelas melhores palavras-chave é grande, então alguns apostam em termos semelhantes. Mas, a definição deve ser feita somente depois que já é conhecido o público-alvo, pois, somente assim será possível identificar o conteúdo mais buscado por eles, algo que você precisa oferecer.

As palavras-chave são fundamentais para quem deseja ter um bom resultado no Google e nos outros buscadores, como Yahoo e Bing. De fato, é possível afirmar que a palavra-chave consiste no tema principal de um texto, é o foco das principais ideias e explicações contidas no material que é apresentado.

Qual a importância de fazer Escolha das palavras-chave para um site?

O seu conteúdo será encontrado no Google por meio da palavra-chave, já que ninguém digita um site completo, incluindo a categoria específica que deseja buscar. Dessa forma, caso o seu texto não possua palavras-chave ou até tenha, mas escolhidas de maneira errada, continuará escondido no buscador e ninguém irá ler.

O Google possui uma série de critérios para avaliar um conteúdo, definindo se ele é relevante ou não. Por isso, o buscador verifica como está o SEO, servindo para determinar o ranqueamento do conteúdo. Então, é preciso preencher todas as exigências, incluindo a repetição da palavra-chave ao longo do artigo, que não pode ser jogada de qualquer maneira, precisa ter uma boa construção.

Se você quer aumentar o número de acesos no seu site, é preciso investir na busca das palavras-chave corretas. Quando termos relevantes são escolhidos, os resultados passam a ser bem mais interessantes.

Fazer Escolha das palavras-chave de cauda longa

Quando fazer escolha das palavras-chave, talvez seja interessante apostar em cauda longa. Elas são formadas por três ou mais palavras, como se fosse uma pequena frase, que ajuda a encontrar o seu conteúdo nos buscadores.

Essa é uma forma de diferenciar o seu conteúdo dos concorrentes, especificando mais a busca. De modo geral, o número de buscas é menor, o que pode significar uma aposta arriscada para alguns, por outro lado, existe um público que adora esse tipo de pesquisa e isso pode ser muito útil.

Os termos genéricos são deixados de lado quando falamos sobre cauda longa, então é desenvolvido algo mais específicos. Assim, uma das principais vantagens da utilização de palavras-chave nesse estilo está na construção de leads visando o topo do funil de vendas.

A cauda longa permite que os usuários tenham resultados mais concretos na realização de suas buscas, o que é bastante importante.

Ferramentas para te ajudar: Ubbersugest e SEMRush.

Exemplos de palavras-chave de cauda longa

Como citamos no tópico anterior, as palavras-chave de cauda longa são aquelas que possuem três palavras ou mais em sua composição. É para quando o usuário busca por algo certeiro e que cumpra o seu objetivo. Confira alguns exemplo:

  •       Chapinha de cabelo nova;
  •       Comprar chapinha de cabelo;
  •       Chapinha de cabelo preço;
  •       Preço chapinha de cabelo

Percebeu como pode ser interessante investir em palavras-chave de cauda longa? Aqui na EngajaTech utilizamos muito essa técnica, que traz ótimos resultados.

Como fazer escolha das palavras-chave?

Fazer escolha das palavras-chave é o primeiro passo para o número de acessos no seu site ou blog melhorar, mas não é só isso. Em primeiro lugar, é interessante buscar por termos que estejam de acordo com o seu nicho de atuação, palavras que representam o tema do seu negócio, seja site ou blog.

Existem alguns conceitos importantes que devem ser levados em consideração, como:

  1.       Volume de busca;
  2.       Dificuldade de ranqueamento;
  3.       Concorrência;
  4.       Intenção de compra da palavra-chave.

Agora falaremos um pouco mais sobre cada uma destas questões, para ajudar na sua escolha.

1. Volume de busca

Existem alguns termos que são muito mais buscados do que outros, isso dentro de uma mesma categoria. Ou seja, dentro de um segmento de negócio existem palavras-chave muito mais pesquisadas do que outras. É algo normal e inclui sinônimos.

Dessa forma, é interessante utilizar uma ferramenta para avaliar o volume de buscas. Aliás, o volume de busca representa a quantidade de vezes que uma palavra-chave foi pesquisada dentro de um período de tempo.

2. Dificuldade de ranqueamento

Os termos mais buscados geralmente são os mais difíceis de ranquear, já que muitas empresas estão de olho nestas categorias e aproveitam este espaço para crescer. Muitas vezes a escolha é feita de uma maneira errada, não trazendo os resultados esperados.

É necessário fugir da vontade de escolher um termo extremamente popular. É como se fosse uma balança que precisa estar em equilíbrio, o número de buscas deve ser grande, mas a concorrência não pode ser a mais feroz de todas.

Por isso, quando avaliar o volume de buscas, leve em consideração a concorrência que será enfrentada escolhendo determinado tipo de palavra-chave.

3. Concorrência

A concorrência é importante para os consumidores e para os leitores, já que assim a qualidade dos materiais aumenta. Por outro lado, quem não gosta muito de ter concorrentes são os empreendedores, que veem o público ser repartido.

Por isso, é importante fazer análise da concorrência, para identificar como eles estão agindo. Dessa forma será possível identificar quais conteúdos eles possuem e você não.

Não é para copiar a concorrência, mas é possível avaliar bem e identificar quais parâmetros utilizam, para colocar em prática de uma maneira ainda melhor e ultrapassá-los.

4. Intenção de compra da palavra-chave

Quando a concorrência é pequena e o volume de buscas por uma palavra-chave é alto, é perfeito. O problema é que isso dificilmente acontece. Além disso, não adianta ter um bom volume de visitas na página e não converter em vendas.

Dessa maneira, não adianta nada investir em uma palavra-chave que trará milhares de visitas para a sua página, mas não venderá nada. A não ser que você trabalha com um site de notícias e ganha dinheiro com cliques e anúncios.

O melhor a fazer é apostar nas palavras-chave que realmente vão trazer lucro para o seu negócio, mesmo que o número de visitas não seja o maior de todos. Então, é melhor ter alguns clientes fiéis do que um número grande e que não gera lucros para o seu negócio.

É interessante fazer escolha de palavras-chave pouco buscadas?

Utilizando as ferramentas para definir uma palavra-chave, talvez você acabe encontrando um termo que é fácil de ranquear. Inclusive pode estar relacionado com o seu nicho de atuação. E provavelmente é fácil de ranquear porque existem poucos conteúdos utilizando este termo.

Mas, se é fácil de ranquear, por que não existe muito conteúdo ligado a isso? Certamente porque o número de buscas é baixo. Então, de que adianta ter um artigo na primeira página do Google, às vezes até mesmo na primeira posição, se o número de buscas diárias é extremamente baixo ou até mesmo nulo?

Levando isso em consideração, se a concorrência por uma palavra-chave for muito baixa, é bom desconfiar, porque certamente existe algo de errado. Dessa forma, não adianta nada investir em um termo que é pouco buscado.

Por outro lado, alguns empreendedores focam no longo prazo e começam a produzir conteúdo para palavras-chave pouco buscadas hoje, mas que no futuro terão um grande número. Por exemplo, Copa do Mundo 2030, Olímpiadas 2028 e Bolsa Família 2021. Estes são termos pouco buscados hoje, mas que vão render em breve.

Atue como se você fosse a persona

As pessoas gostam de simplificar em suas buscas, quando é uma frase muito longa, não costumam escrever tudo. Por isso, é interessante se colocar no lugar de sua persona, para identificar o que é importante para ela ou como ela buscaria um conteúdo.

Se o seu artigo fala sobre gastronomia, com foco em pizza, destacando quais ingredientes devem ser utilizados na preparação dos mais diversos sabores, qual seria a melhor palavra-chave? Provavelmente a escolha ideal seja: “sabores de pizza”.

Dessa forma, assim que alguém pesquisar no Google por “sabores de pizza”, o seu conteúdo será mostrado. Isso não quer dizer que será na primeira ou na segunda página, apenas a escolha da palavra-chave não basta.

Faça o seu negócio crescer investindo no marketing digital

Fazer escolha das palavras-chave pode não ser algo muito difícil, mas colocar todas as estratégias em prática é algo que exige certa habilidade do empreendedor. Por isso, se você já tem uma empresa e deseja crescer no mundo digital, ter ao seu lado uma agência especialista em marketing é um grande negócio.

Além de escolher boas palavras-chave para os conteúdos, é necessário que o material desenvolvido seja de qualidade e atenda todas as exigências do público. O marketing digital não é algo que traz resultados de maneira instantânea, mas quando é planejado corretamente apresenta vantagens a longo prazo.

Aqui no nosso blog você pode aproveitar para conhecer os principais termos relacionados com o marketing digital. Mas, se quiser algo mais profundo, é só entrar em contato, podemos ajudar o seu negócio crescer e se tornar uma referência.

Veja também: Como funciona o marketing digital? Guia definitivo grátis