Como otimizar as imagens do site de uma empresa? Isso pode ser feito com a utilização do Photoshop ou de algum site. Mas, é preciso entender como funciona esse procedimento, por isso hoje é dia de falarmos sobre formatos, otimização e outros detalhes que envolvem imagens.

Aquele clichê de que uma imagem vale mais do que mil palavras não faz muito sentido quando falamos de SEO. Entretanto, as imagens são essenciais para que uma publicação fique bem posicionada, ainda mais quando as escolhas condizem com as palavras escritas.

Existem alguns detalhes que precisam ser considerados no momento de otimizar as imagens do site, para que esse trabalho aconteça perfeitamente. Quando um programador não se preocupa com essa questão a tendência é que os resultados não sejam satisfatórios, por isso vale a pena aprender sobre o assunto.

Como otimizar as imagens de um site?

É uma péssima ideia pegar as imagens diretamente do Google e jogar no seu site. Ainda mais se você não fizer a alteração no nome, o que fará com que a otimização não aconteça, podendo até mesmo prejudicar os resultados que poderiam ser obtidos.

Ao baixar uma imagem direto do Google e publicar no site, ela também fica extremamente grande e pesada. Ou seja, você sairá perdendo duas vezes em relação ao procedimento padrão de uma boa otimização.

O maior objetivo da otimização de imagens para sites é gerar um equilíbrio entre um tamanho reduzido de arquivo e uma qualidade compreensível. Existem diversas formas de executar a otimização, assim, umas das maneiras mais comuns é compactar antes de enviar para o WordPress.

o Adobe Photoshop e o Affinity Photo são ferramentas interessantes para isso, também existem plugins capazes de oferecer essa condição. De modo geral, é preciso pensar no formato do arquivo que será utilizado e no tipo de compactação.

Escolha o formato correto para as imagens

Otimizar as imagens do site do seu negócio pode ser algo simples, mas existem regras que vão ajudar com isso. A primeira delas é referente ao formato escolhido. Aliás, a escolha da extensão faz com que ele fique com um tamanho diferente. Em geral, os sites utilizam imagens em JPEG, PNG e GIF.

JPEG

Joint Pictures Expert Group é o que significa a sigla JPEG. É um formato que aguenta milhões de cores, sendo muito utilizado em fotografias. A cada modificação que passa perde um pouco de qualidade, por isso é bom enviar por e-mail e não por WhatsApp, já que assim é mantido intacto.

O JPEG variando entre 40% e 60% de sua condição original apresenta poucas perdas, desde que a imagem original seja de qualidade elevada. A partir disso, fotografias podem passar por uma redução gigantescas, mantendo o mesmo nível.

GIF

Os GIFs (Graphics Interchange Format) conseguem criar uma sequência de imagens, como se fosse um vídeo repetindo em loop infinito. Apresenta boa compreensão, mas possui somente 256 cores, podendo servir para a representação de ícones ou marcas.

PNG

A compreensão do PNG (Portable Network Graphics) é muito maior para fotografias do que o JPEG, por exemplo. Mas, isso faz com que o arquivo fique extremamente pesado. Outra característica é que ele não perde qualidade a cada edição.

O PNG é a melhor opção para casos onde é preciso editar uma imagem sem que aconteça perda de qualidade. Por fim, é capaz de deixar o fundo branco ou mesmo inexistente, transparente.

Qual deles é o melhor?

É importante saber onde cada uma dessas extensões funciona bem, para que possa fazer uma escolha interessante para o seu site. Mas, de modo geral o JPEG é o mais indicado para imagens de sites, oferecendo um rápido carregamento e uma qualidade bacana.

Antes de publicadas as imagens devem ser comprimidas

Uma das questões mais importantes em relação a otimização de imagens é quanto às dimensões que elas possuem. Ao fazer o download de uma foto dos sites gratuitos ou mesmo descarregar do celular, provavelmente ela vai medir um tamanho enorme. E isso não é interessante para o seu site, que vai se tornar lento para os leitores.

Acontece que durante um acesso a pessoa faz o download de todos os dados inseridos em sua página e dependendo do peso que seja, pode comprometer a experiência dos usuários. Aliás, um dos termos utilizados pelo Google para o ranqueamento dos sites é a velocidade, que neste caso você perderá muito.

Resumidamente, podemos dizer que uma imagem é formada por milhares de pixels, sendo que dentro deles muitos e muitos são repetidos. Então, quando uma imagem é comprimida esses pixels se unem, fazendo com que o tamanho do arquivo seja reduzido.

Equilíbrio entre compactação e tamanho do arquivo

Quando você estiver realizando o processo de compactação, é preciso tentar equilibrar a situação. A compactação não pode ser muito baixa, já que assim resultará em uma imagem muito pesada. Por outro lado, quando a taxa é alta demais, então a imagem fica com baixa qualidade.

Existem dois tipos de compactação: com perda de qualidade e sem perda de qualidade. No primeiro caso é preciso tomar cuidado com a sua redução, já que o tamanho pode ser reduzido demasiadamente. Em relação ao estilo sem perder, os dados da imagem são comprimidos, o que não reduz a sua qualidade.

O melhor a fazer é testar as diferentes técnicas antes de começar a fazer isso com dezenas de imagens. Caso a sua ferramenta de edição possua o estilo “salvar para web”, escolha, pois, é a melhor alternativa

É preciso nomear corretamente as imagens

Por mais evoluído que o Google esteja, o sistema ainda não consegue identificar o que são as imagens. Mas, então como é que ele apresenta resultados perfeitos ao fazer uma busca no Google Imagens? É porque essas imagens possuem títulos inteligentes, que facilitam a busca por parte dos usuários.

É interessante colocar hífen entre uma palavra e outra, o que alguns programas fazem automaticamente, mas quando o procedimento é manual, então fique atento. Também é preciso evitar acentos e caracteres especiais, já que eles prejudicam uma boa otimização.

O WordPress, por exemplo, uma das plataformas mais utilizadas para sites no mundo, permite que seja cadastrado um texto alternativo. Assim, nesse espaço você pode descrever o que é a imagem, além de permitir a leitura para deficientes visuais.

O Google considera esses dois fatores: em primeiro lugar o título e em segundo lugar o texto alternativo. Uma boa dica é colocar as palavras-chave da página onde a imagem será publicada como título dela, ajudando a melhorar a otimização da página.

A dimensão das imagens é importante

Já falamos resumidamente sobre isso mais acima, agora você vai entender melhor o que isso quer dizer. É importante que o site tenha um tamanho padrão para as suas imagens, fazendo com que a questão estética ganhe destaque. Por isso, quando uma imagem é colocada em um espaço menor do que a sua extensão, ela pode ficar deformada.

Vale a pena investir um tempo nos programas de edição, seja para aumentar ou para diminuir o tamanho, com o objetivo de deixar a dimensão perfeita. Além disso, quando uma imagem maior do que o espaço disponível é usada, faz com que a velocidade de carregamento seja reduzida.

Nos sites responsivos a imagem é automaticamente redimensionada, para que não fique deformada, essa é uma vantagem. Ainda assim, a cada visita em sua página o usuário baixa automaticamente o tamanho original dessa imagem.

Dependendo da imagem que você escolheu, é possível cortar as bordas, para que fique menor e possa encaixar no tamanho disponível. Por fim, é fundamental ter um tamanho definido, para evitar esse incômodo.

As imagens complementam um site bem otimizado

Um site é bem otimizado quando os textos informativos são desenvolvidos conforme as técnicas de SEO. As imagens precisam estar de acordo com a extensão e não podem ser muito pesadas. O layout é outro fator importantes.

Esses são apenas alguns detalhes que o Google, o Bing e o Yahoo consideram no momento de fazerem o ranqueamento dos conteúdos. Os buscadores querem dar uma boa experiência aos usuários, por isso sites pesados saem perdendo.

Aqui na EngajaTech temos uma equipe que cuida exclusivamente dessa parte, referente a otimização de imagens. Assim, sempre buscamos fazer com que o conteúdo fique perfeito para os leitores. Se você tem um site e quer otimizar as imagens, entre em contato agora mesmo e seja nosso parceiro.