Ganhar dinheiro trabalhando com a internet nunca foi tão fácil quanto agora. Você sabe o que é afiliado? Essa é uma possibilidade de aumentar os seus rendimentos mensais, trabalhando com a venda de produtos virtuais e físicos. Assim, existem alguns sites específicos que trabalham com esse sistema.

O afiliado não possui nenhum contrato com os sites que adotam esse modelo de negócio, mas recebem corretamente todos os meses. Por isso, essa é uma das maiores vantagens, já que não existe uma exclusividade e é possível trabalhar para mais de uma plataforma na busca por resultados.

O afiliado precisa ser bom no marketing digital, para gerar um poder de convencimento e conquistar os consumidores. Isso pode ser feito por meio de sites, vídeos publicados no YouTube ou mesmo em conteúdos distribuídos no Instagram e no Facebook.

O que é afiliado?

Afiliado é uma pessoa que recebe comissões pela venda de produtos que indicou ou promoveu, potencializando a comercialização. Em geral, é possível fazer um cadastro gratuito e a partir disso passar a trabalhar com centenas de produtos digitais ou não.

Os produtos mais vendidos pelas empresas que trabalham com o sistema de afiliados são os e-books voltados para receitas de culinária e programas de emagrecimento. Assim como softwares, apostilas para concursos públicos, cursos técnicos, materiais para adestramento de animais e muitos outros conteúdos.

A partir disso, fica bem fácil para encontrar algum produto que atenda a todas as suas necessidades. A cada venda que o afiliado realiza ele recebe uma comissão, que varia entre os diferentes tipos de produtos. Dessa forma, o pagamento é feito de maneira mensal, com a soma de tudo aquilo que foi vendido pelo afiliado.

O melhor de tudo é que não existe um limite de produtos que você pode vencer. Por isso, se quiser poderá trabalhar como afiliado de diferentes empresas, como a Hotmart e a Monetizze, duas das principais deste segmento.

Renda extra ou trabalho único

Hoje em dia o sistema de afiliados pode ser utilizado como um complemento para a renda no fim do mês. De fato, o orçamento pode acabar ficando curto, por isso alguns partem atrás de novas oportunidades. E como não existe um contrato, o sistema de afiliados aparece como uma ótima opção.

Algumas pessoas inclusive trabalham somente como afiliados e não possuem um trabalho fixo. Acontece que o desenvolvimento de campanhas é algo demorado e para ter bons resultados é necessário investir o seu tempo. Por isso, muitos largam os empregos convencionais e focam nisso.

Preste bem atenção, não estamos dizendo que você deve largar o seu trabalho fixo. Mas, se começar como afiliado e perceber que está sendo lucrativo, pode ser uma boa opção. Ainda assim, é bom lembrar que não existem vínculos e que de uma hora para outra o seu lucro pode ir embora.

Como funciona o sistema de afiliados?

Todas as empresas que trabalham com o sistema de afiliados geram links diferenciados para cada produto, que são fornecidos a seus afiliados. A partir disso, cada um deles pode começar a trabalhar campanhas da forma como preferir, para aumentar o número de vendas.

É por meio deste link ou código que o site consegue identificar qual foi o responsável pela realização da venda. Mas, se você pensa que isso é algo novo e que surgiu com a internet, está bem enganado, vem do início da década de 1970, em 1972, onde o “compartilhamento de receita” foi implementado pelo governo norte-americano.

Hoje em dia é cada vez mais comum a afiliação para a venda de produtos digitais, como e-books e cursos online. Entretanto, isso não quer dizer que os produtos físicos não são vendidos.

O que é necessário para ser um afiliado?

Existem variações nos tipos de afiliados, então é preciso escolher o modelo que combina melhor com o seu estilo de vida e com a sua personalidade. Então, existem aqueles que focam 100% do seu tempo laboral para o marketing de afiliados, gerando 100% de sua renda conforme a performance de vendas.

Não importa como você vai trabalhar, é importante que tenha comprometimento com o que foi planejado inicialmente. De modo geral, é necessário ter mais de 18 anos, possuir um documento de identidade e ter um e-mail válido, assim será possível criar uma conta em uma dos sites que trabalha desta maneira.

Não é necessário ter um site ou blog próprio, mas os resultados são melhores quando o domínio é relacionado com o produto vendido. Dessa forma os consumidores sentem mais confiabilidade em fazer compras. Também é possível desenvolver uma apresentação diferenciada para os produtos vendidos.

Os blogs conseguem atrair visitantes de maneira orgânica, o que por si só é bastante interessante. Assim como as redes sociais também ajudam na aproximação com os potenciais consumidores, gerando uma boa interação.

Não é preciso ter nenhuma formação em publicidade ou em marketing para trabalhar como afiliado. De modo geral, qualquer pessoa maior de idade pode atuar nesta área.

Diferentes tipos de afiliados

Citamos que existem diferentes tipos de afiliados, agora chegou o momento de explicar como funciona cada um deles. Basicamente, são quatro modelos:

  • CPA: no custo por ação você ganha uma comissão quando um usuário acessa o seu link e realiza alguma ação. Assim, não precisa ser uma compra, pode ser o cadastro de um telefone ou algum download;
  • CPV: no custo por venda o afiliado recebe uma comissão somente quando são feitas compras por seus links;
  • CPC: o custo por clique é aquele que paga o afiliado a cada clique que é dado no seu link;
  • CPM: já o custo por mil impressões é uma comissão paga quando um banner é exibido 1.000 vezes, seja no seu blog ou em algum ambiente na internet.

Agora você já pode analisar e identificar qual destes modelos é o mais interessante para o seu caso.

O início desse procedimento de vendas

O mercado de afiliados tem algumas regras específicas, como a proibição da divulgação de SPAM, a realização de promessas inalcançáveis e o uso de ferramentas inadequadas. Em resumo, não adianta prometer benefícios que o produto não apresenta, já que os consumidores podem pedir o dinheiro de volta.

Em primeiro lugar, se você quer ser afiliado deve avaliar as plataformas disponíveis no mercado, para identificar aquela que oferece os melhores lucros. Assim como é preciso definir quais serão os seus canais de divulgação, por mais que o cadastro seja gratuito, isso poderá tomar seu tempo.

Aposte nas redes sociais

Existem afiliados que gastam milhares de reais por mês com propagandas no Facebook Ads, porque o retorno é muito positivo. Mas, para que o resultado seja bom é necessário construir um perfil comercial, onde seja possível divulgar o seu link de venda.

A publicidade paga é algo essencial para os bons resultados no fim do mês. Entretanto, é mais interessante primeiro sentir esse mercado, para depois dar esse passo. Tente acompanhar o desenvolvimento do seu projeto, para entender quais ações dão mais certo e geram mais vendas.

Posso divulgar qualquer produto?

Depois que você já tiver realizado o cadastro em uma plataforma de vendas poderá vender qualquer produto do portfólio. Assim, o afiliado é quem define quais produtos pretende anunciar, escolhendo aqueles que julga mais vantajosos.

Cada produto possui um link único e no momento que o usuário decide comprar e clica no seu link, é gerada automaticamente uma comissão. No caso dos boletos o pagamento só é creditado quando a pessoa paga esse documento de crédito.

Você pode ganhar prêmios!

Não pense que é fácil, mas é comum que as plataformas de vendas envie prêmios para os seus melhores afiliados. Então, se você conseguir ser bem-sucedido e realizar milhares de vendas, poderá ganhar smartphones, tablets e outros itens.

Essa é uma prática adotada pelas plataformas para reconhecer aqueles que tiveram um bom desempenho nas vendas. Assim, além do dinheiro recebido como comissão, é possível lucrar dessa maneira.

Agora que já sabe o que é afiliado, nós podemos ajudar

Agora que você já sabe o que é afiliado, talvez esse seja um caminho bom para seguir. Mas, para que os produtos cheguem o mais longe possível, a criação de um site é imprescindível. Se você acha que um blog pode ajudar o seu negócio como afiliado, entre em contato agora mesmo, a EngajaTech pode ajudar.