Vender mais na Black Friday: 9 Dicas Cruciais

Vender mais na Black Friday: 9 Dicas Cruciais

Vender mais na Black Friday: Utilizando uma Landing Page de promoção

A Landing Page, quando feita com antecedência, pode ser uma ótima forma de coletar dados de leads. Porém, se você não tem, ainda dá tempo. Não se esqueça de utilizar um fundo preto, característico da data e detalhes em vermelho, que são os mais usados. Assim, logo de cara o lead entenderá do que se trata aquela landing page. Não se esqueça de fazer seus leads sentirem que são importantes e que possuem uma vantagem maior sobre os demais. Para isso, é interessante utilizar de call to actions como “seja o primeiro a saber”, “fique por dentro”, “não perca a promoção” e até mesmo o clássico “me avise”. Outro elemento que pode ser utilizado em sua landing page pois chama bastante a atenção dos leads, é uma contagem regressiva até a data da Black Friday. As Landing Pages podem ser essenciais para vender mais na Black Friday.

Vender mais na Black Friday: Não se esqueça da pop-up de saída

A pop-up de saída pode ser o fator determinante para captar leads. Essa função mostra o pop-up apenas quando o usuário está prestes a sair da página. Nela, você pode utilizar frases como “última chance” ou “último chamado” para que o lead tome a ação que você deseja. É muito útil, pois grande parte dos leads acaba desistindo de sair da página quando vê essa pop-up, parando assim para ler o seu conteúdo e se for chamativa o suficiente, isso fará com que o lead tome a ação que você precisa.

Vender mais na Black Friday: Faça um investimento em mídia paga

Google AdWords, Facebook Ads, Instagram Ads e Twitter Ads podem ser de grande ajuda para que sua empresa seja vista em meio a tantos concorrentes e possa captar bastante leads. Nessas plataformas, você ainda pode segmentar seus anúncios para tipos de pessoas específicas, o que com certeza gera um interesse muito maior por parte do consumidor. Afinal, ninguém clica em uma propaganda que não é do interesse. Mas quando a propaganda condiz com os interesses daquela pessoa, por mais que ela não tenha a intenção de comprar naquele momento, vai visitar o site de seu negócio. Assim, aumentam-se as chances da captação de leads. Utilizar um código de remarketing para quem já visitou sua landing page também pode ser bem útil.

Vender mais na Black Friday: Tenha sempre um bom estoque

É muito importante ter o estoque preparado antes da Black Friday. Isso evita que consumidores fiquem frustrados por não conseguirem realizar a tempo uma determinada compra. As empresas vendem muito na Black Friday, os clientes querem comprar muito na Black Friday, Por isso, é importante ter sempre os produtos que você vai por na promoção em estoque, para que assim, seu estabelecimento tenha uma grande vantagem competitiva com relação a concorrência.

Vender mais na Black Friday: Analise os dados das Black Fridays que você já participou

Normalmente, geram-se dados desse período, como as palavras-chave que trouxeram mais tráfego, as estratégias que funcionaram melhor, o número de visitas, o número de vendas e a receita ganha. Analisar esses dados pode render muito mais lucro e assim, você pode traçar metas e objetivos com muito mais facilidade. Você também deve analisar o número de acessos simultâneos, para se certificar de que seu site não vá cair se tiver muitos acessos e analisar também a interação do público. Além disso, também fique preparado para interagir em tempo real caso algum problema venha a ocorrer, seja em seu site ou seja com algum cliente. Ao analisar os dados, você terá a capacidade de atingir em cheio o público-alvo que você deseja e manter o público que você já tem.

Vender mais na Black Friday: Não menospreze os visitantes mobile

Cerca de 22% da população brasileira que acessa a Internet através de dispositivos móveis já pesquisou por algum produto para compra, 15% realmente comprou um produto pelo celular. Sabendo disso, é importante otimizar seu site para que visitantes mobile possam acessar, é importante também que a navegação seja fácil e rápida, pois assim, seus visitantes se sentirão a vontade. Uma das maiores queixas dos usuários mobile é o fato do site funcionar bem no PC, mas de forma péssima no celular. Por isso, dê suporte a esses compradores, pois eles com certeza irão se sentir a vontade e lembrar da boa experiência que seu site os proporcionou.

Vender mais na Black Friday: Tenha um ótimo atendimento

Colocar o cliente em primeiro lugar é parte de uma cultura que só traz sucesso e crescimento para as empresas. É de extrema importância atender seus clientes da melhor forma possível. Por isso, saiba que na Black Friday a atenção dedicada aos clientes deve ser ainda maior. A concorrência é gigantesca, exatamente por isso, para não afastar seus clientes para outra empresa que possa lhe dar a atenção devida, atenda seus clientes com maestria quando eles entrarem em contato com você.

Vender mais na Black Friday: Fique preparado para dar suporte em tempo real

Seguindo a linha da dica anterior, é importante que sua empresa esteja pronta para dar suporte em tempo real para seus visitantes. Como a data é única, não existe a possibilidade de seu cliente esperar para ser atendido. Se isso acontecer, ele vai logo procurar uma outra opção, pois não pode perder tempo. Importante: Não esqueça das mídias sociais. Muitos clientes costumam tirar dúvidas nas páginas do Facebook das empresas ou enviando mentions e DMs no Twitter. Tenha sempre uma equipe preparada e pronta para dar suporte aos seus consumidores.

Vender mais na Black Friday: Honestidade é tudo: Ofereça descontos reais

Muitas empresas desonestas fazem a Black Friday ser chamada de “Black Fraude”, pois os descontos são inexistentes. Quer um exemplo? Tal empresa vende seu produto normalmente a R$ 100,00. No dia da Black Friday, a empresa põe que o produto custa R$ 200,00 e oferece um desconto falso de 50%, vendendo assim a R$ 100,00, ou seja, o preço que custa normalmente. Muitos clientes costumam pesquisar os preços dos produtos com meses de antecedência, para que assim, saibam realmente seu valor no mercado e que desconto estão ganhando na Black Friday. Não faça parte dessas empresas que usam de má fé, dê descontos reais para o consumidor mas que também sejam vantajosos para você. Com isso, você só sai ganhando, pois o consumidor adquire uma enorme confiança na sua empresa e ainda a recomenda para outras pessoas.

A Evolução do Marketing: Atenção ao cliente certo

A Evolução do Marketing: Atenção ao cliente certo

A Evolução do Marketing está cada vez mais rápida no passar dos anos, tornando atualmente uma das formas mais eficazes utilizadas pelas empresas para obter resultados nas vendas. Antes o marketing era apenas uma forma de diferenciar um produto nas prateleiras dos supermercados, e hoje já temos o marketing digital que ajuda a conhecer o público nos mínimos detalhes.
Essencialmente, o Marketing tem como principal desenvolver trocas, onde organizações e clientes participam nessas transações. Mas com as mudanças tecnológicas e comunicações, do mundo
físico para o digital, afetaram assim produtos, empresários e consumidores, alterando diretamente o marketing.
Nos últimos 60 anos o marketing teve que se reinventar. Deixando de dar atenção apenas no produto, e passou a pensar no consumidor, já que, o aumento da concorrência, e a quantidade de produtos no mercado aumentou, bem como a diferença entre um e outro.
Com essa grande mudança, a internet se mostrou como uma grande ferramenta para empresas terem mais visibilidade nas mídias tradicionais. Mas como atrair o cliente certo para o seu negócio?
Umas dos principais caminhos para alcançar o cliente certo é através das estratégias de marketing digital, as que mais trazem resultados efetivos são o Google Adwords, Facebook ADS e SEO.
O Google Adwords é uma forma de aumentar o retorno do negócio usando a publicidade do Google. Lá é possível segmentar anúncios por região, por público – gênero, idade, localização, etc.
No Facebook ADS é preciso ter uma conta no Facebook, os anúncios são feitos na maioria das vezes visualmente, através de foto, vídeos ou o material que quiser para atrair seu público-alvo. É preciso escolher um valor diário ou por período para atingir o seu público através do conteúdo feito.
SEO é uma ferramenta que faz a otimização do site. O objetivo é fazer com que o os acessos aumentem. São um conjunto de técnicas feitas “atrás” do conteúdo para melhorar o posicionamento de resultados orgânicos do Google e em outros mecanismos de busca.
O SEO também otimiza landing Pages, que são página de entrada quando se clica em link de campanha. Por exemplo, o cliente procura por uma “bolsa pequena”, a landing page da marca deve ser na categoria das bolsas pequenas – em vez de direcionar para a página inicial e fazer o cliente procurar a seção de bolsas pequenas no site.
O importante é aplicar essas estratégias da forma certa, por isso é importante procurar profissionais especializados que garantam a atração do cliente certo para a o negócio.
O Marketing está presente em todos os detalhes da empresa

O Marketing está presente em todos os detalhes da empresa

O Marketing está cada vez mais presente no cotidiano das pessoas, essa área é responsável pela inteligência competitiva e estratégica de uma pessoa ou organização. É uma setor onde faz toda a análise de mercado, visualiza os concorrentes, cria oportunidades e elaboração estratégias para atingir o público-alvo.
Diferente dos que muitos pensam, o marketing não faz parte de vendas ou propagandas, as vendas e propagandas que fazem parte do marketing. É uma ferramenta que ajuda as empresas e as pessoas a alcançarem o sucesso através de pesquisas, indo de observar as mudanças comportamentais da sociedade ao posicionando o seu produto diante do mercado.
Um dos principais parceiro das figuras públicas e organizações, tendo como principais características: a visibilidade rentabilidade, fidelização de clientes, desenvolvimento de um produto, imagem e muitos outros. Dentre os seus principais segmentos estão: o Digital e o offline.
Um dos segmentos mais utilizados e conhecido atualmente é o Marketing digital. Uma área que trabalha com a internet, o on-line. As principais ferramentas utilizadas são as redes sociais e os sites de busca, onde tem mais facilidade de interagir com o público e anunciar produtos e serviços. Diferente do offline que utiliza os meios como jornal impresso, revistas e televisão.
Na empresa o marketing tem que está presente em várias funções, como: Compreensão do Mercado, coletando informações a respeito do mercado. Desenvolvimento de nova oferta, para realizar pesquisas para o desenvolvimento e ao lançamento do produto em alta qualidade, dentro do orçamento da empresa. Conquista do cliente para descobrir o seu mercado- alvo para a captação de novos clientes. Gestão de relacionamento com o cliente, para a construção de relacionamento, ofertas e acordos mais apropriados para cada tipo de clínica e processos de gestão completa do pedido.
Portanto, o marketing nas organizações não tem o foco apenas na área específica, mas na integração de todas as áreas da empresa em conjunto com o ambiente externo, com foco principal e no consumidor para assim ter um resultado satisfatório com um bom planejamento e decisões estratégicas eficazes com base na ética, legalidade e responsabilidade social com o cliente.

Engajamento do Público

Engajamento do Público

Depois da explosão das redes sociais, o “engajamento do público” se tornou muito importante para qualquer marca que espera alcançar um público maior e conseguir mais vendas. Envolver, interagir, se tornar próximo do público, são fatores principais para um bom engajamento do público, sendo necessário para se diferenciar e gerar mais valor para atuais e futuros clientes. Mas como criar todo esse engajamento?
Para conseguir envolver o público é necessário primeiramente criar conteúdos de forma consciente, prestando atenção no problema, necessidade ou dúvida do cliente. É bom observar o volume de acessos a um conteúdo e o tempo de visualização do mesmo, permitindo estudar minimamente como anda o envolvimento das publicações.
A interação também é de grande importância e dos principais fatos sobre o envolvimento do público. Curtidas, comentários e compartilhamentos mostram que o público está interagindo com a marca. E para ter uma boa interação, em conteúdos publicados em sites ou em redes sociais, necessitam de ações do marketing digital.
Apesar do engajamento ser um ponto difícil para estudar, a intimidade está relacionada a falar especificamente com um público específico. Por isso as estratégias de marketing são importantes, pois através dele é possível analisar o público ideal, do perfil ideal para o cliente. Só assim terá será possível criar e desenvolver conteúdos que entregue o valor esperado para o cliente específico.
A influência é um ponto importante para as pessoas escolherem a marca ou produto, transformando as pessoas em líderes de opinião. Pois além de comprar o produto ou serviço, recomendam, indicam ou apenas falam muito bem das experiências com a marca. E esse um fator importante do engajamento para conseguir clientes sem custo praticamente nenhum.
Mas agora quais são os passos para conseguir um engajamento real do público com a marca?
Primeiro é importante definir de forma estratégica como será entregue os conteúdos, mantendo regularidade de publicações e utilizando os canais relevantes para tal público. Se posicionar de forma única e coerente aumenta e mantém o engajamento do público.
Buscar estabelecer uma relação de confiança com o cliente, de maneira que não possa vender apenas uma vez, mas várias vezes ao mesmo cliente é de muita importância.
Outro ponto é a fase de engajamento que ajuda nos diferenciais do produto ou serviço. Uma forma de entender os pontos fracos e fortes do mercado, a concorrência e assim descobrir os diferenciais.
E através das interações é possível identificar nos comentários as necessidades do público. Um ponto primordial para alcançar o sucesso do negócio.
E por fim, com o constante transformação das mídias sociais e as pessoas procurando cada vez mais produtos e serviços na internet, as estratégias de marketing digital se tornaram fundamentais para ter um bom engajamento e assim obter resultados satisfatórios. Investir em ações digitais atualmente é um dos meios que mais traz retorno para o negócio.
Marketing Digital nos Canais em 2019

Marketing Digital nos Canais em 2019

O Marketing vem se transformando com a evolução das redes sociais, tem deixado de ser apenas aquele marketing tradicional feitos em canais offline e se tornado cada vez mais digital e online. Com esse grande crescimento das redes sociais e os usuários cada vez mais conectados nas mídias sociais, o Marketing Digital vem se tornando um dos meios mais importantes das empresas divulgarem o seu negócio, serviços ou produto no ambiente online. Em 2018 está cada vez mais comum as empresas usarem os canais de marketing digital para captar clientes e atingir assim seu público-alvo. E para entender seu público é necessário conhecer os principais meios para obter sucesso no seu objetivo final. Os principais canais são:

1.Social

Com a grande importância das redes sociais na vida dos usuários, as rede sociais se tornaram um ótimo canal para empresas mostrarem conteúdos onde podem se relacionar e captar novos contatos. É importante ressaltar que o conteúdo deve ser publicado no horários certos, para identificar os horários que audiência está online, e é preciso compartilhar o conteúdo com eficácia. E fazer o maior proveito da redes sociais e não fazer postagens apenas em horários de pico.

2. Email

Uma das principais ferramentas de comunicação digital, o email é umas das principais formas de contato. É uma forma mais utilizadas pelas empresas de se relacionarem com seus contatos e um dos meios que mais consegue trazer resultados em curto prazo.

3. Busca Orgânica

Sempre que o usuário acessa um site através de um motor de busca (google, yahoo, por exemplo), é definido como tráfego orgânico. O tráfego orgânico normalmente é alcançado com mais dificuldade que os outros canais, já que está a critério do motor de busca decidir o URL que estará nas principais posições de seu ranking. As ferramentas de busca representam um dos grandes concentradores de audiência da internet.

4. Referência

É um conteúdo reproduzido por diversos sites, seja em parceiros que você estabelece (co-marketing, guest posts por exemplo) ou simplesmente por seu conteúdo ser bom o suficiente para outras pessoas quererem compartilhá-lo. Assim, qualquer link para o seu site que estejam disponível em qualquer página da internet acaba se tornando um possível canal de vendas. Além disso, ter um conteúdo referenciado ele é bem visto por ferramentas de busca, ou seja, pode ser um bom influenciador do seu SEO.

5. Tráfego Direto

Esse canal representa quem entra diretamente no site, não precisa de uma referência, a pessoa já conhecia o site e digitou o endereço diretamente no navegador.

6. Mídia Paga

As mídias pagas é uma publicidade em canais ou veículos por segmentações onde se encontra o nicho específico, persona ou público- alvo. Antes de começar a fazer uma mídia paga, é importante fazer um planejamento estratégico, para então realizar o objetivo.

7. Anúncio em redes sociais

Links patrocinados nos feeds de redes sociais, como Instagram e Facebook O foco é mostrar como cada um desses canais nos ajuda em determinados objetivos, ainda mais atualmente que é de suma importância para a empresa compreender seu público final e assim entender o que está trazendo bons resultados e o que pode ser melhorado. O ideal é que tenha como foco alguns canais, para não implicar um trabalho mal feito em todos eles.