Saber como vender online é um desafio, já que a concorrência é cada vez mais forte. Por outro lado, o número de usuários novos cresce a cada dia, fazendo com que essa seja uma possibilidade cheia de alternativas. Mas, não existe uma receita de bolo para isso, já que as estratégias precisam ser adaptadas a cada negócio.

Você pode vender online de diferentes maneiras, seja fazendo parte de uma plataforma de vendas ou então desenvolvendo o seu próprio e-commerce. Por isso, é fundamental conhecer bem o seu negócio, para entender qual é a alternativa que combina melhor com o seu segmento de atuação.

Existe um conjunto de técnicas que pode ser empregado por quem deseja vender online. Mas, de nada adianta se o seu negócio não for atrativo para o público, ou melhor, é preciso saber qual é o público-alvo. Somente assim os resultados serão positivos e o empreendimento poderá crescer.

Como vender online?

Quer saber como vender online? Nós preparamos esse guia especial para te ajudar com essa missão. Mas, tenha em mente que isso nem sempre é possível, já que ao adotar estratégias e modos de ação errados o desempenho do seu negócio pode ser duramente prejudicado.

Nós consideramos algumas estratégias fundamentais nesse processo de vendas pela internet. Por isso, o artigo será focado nos seguintes pontos:

  • Público-alvo;
  • Processo de vendas;
  • Valorização dos produtos vendidos;
  • Argumentos de vendas;
  • Senso de urgência, trabalhe com ofertas limitadas;
  • Invista no pós-venda;
  • É importante responder dúvidas e questionamentos.

Além desses pontos, certamente existem muitos outros que podem ser colocados em prática e adaptados para a realidade do seu negócio. Somente assim será possível vender pela internet e atingir todos os seus objetivos.

Site próprio ou plataforma de vendas?

Muitos podem ficar tentados em investir em um site próprio, o que é recomendado para os empreendedores que já possuem um local físico. Dessa forma, conseguem criar autoridade sobre os produtos e serviços que oferecem. Além disso, ganham respeito com o público e passam a ser uma referência.

Por outro lado, se você não tem uma loja física, mas trabalha com a produção de algum produto, as plataformas de vendas podem ser uma boa opção. É aqui que entra a Hotmart, a Monetizze e a Amazon Associados.

No caso das plataformas de vendas, será preciso pagar uma porcentagem para os chamados afiliados, assim como uma taxa cobrada pelos sites. Já os site próprios oferecem mais liberdade, já que podem ser configurados de maneiras variadas e trabalhados voltados para o SEO.

Qual é o seu público-alvo?

Definir o público-alvo é o primeiro passo para lucrar com vendas pela internet. Assim, ficará mais fácil desenvolver campanhas que convertam, apostando em uma única direção. Quando o empreendedor não conhece o seu público-alvo, ele acaba atirando para todos os lados, reduzindo os lucros.

Pesquisas podem ser realizadas com o objetivo de identificar o público-alvo. Assim, é necessário identificar qual é o sexo, a faixa etária e a situação econômica dessas pessoas. A partir disso, será possível segmentar as campanhas, tanto no Facebook como no Google, melhorando os resultados.

Isso vale para quem é empreendedor e quer aumentar as vendas como também para quem é afiliado e deseja melhorar os resultados. De fato, podemos dizer que é o pontapé inicial o sucesso de um empreendimento focado nas vendas online.

Desenvolva um processo de vendas

É interessante desenvolver um bom processo de vendas, desde a captura dos leads até torná-los clientes e consumidores dos seus produtos. Assim, o processo não será mais tão intuitivo, embora o famoso faro para negócios continue sendo algo interessante nas vendas pela internet.

Neste momento é interessante criar uma página explicando como o seu serviço funciona, pode ser um site completo ou apenas um perfil no Facebook. Aliás, depende de qual é o seu objetivo geral.

O processo de vendas deve envolver até 9 etapas, depende da empresa e de como ele é trabalhado. Ele será utilizado por todos os envolvidos com a área comercial de um negócio, então precisa ser ensinado facilmente, apresentando condições de crescer e fácil de prever resultados.

É esse processo que definirá os deveres de cada membro da equipe de vendas. Assim, é preciso estabelecer os níveis perfeitos de trabalho. Também será possível definir quais são as estratégias mais certeiras para a realização de uma venda pela internet.

Valorize o que você vende

Um bom vendedor é aquele que sabe destacar as qualidades do produto ou serviço que comercializa. A partir disso, faz com que os clientes fiquem mais interessados. Então, é preciso mostrar qual é o real motivo das pessoas precisarem do seu produto.

Isso pode ser feito por meio do desenvolvimento de posts em um blog específico do seu negócio como também em publicações feitas no Instagram e no Facebook. De modo geral, é preciso mostrar como o produto consegue resolver os problemas dos consumidores, atraindo o interesse deles.

As imagens são bacanas neste momento, ajudando a mostrar o que realmente você vende. Assim como os vídeos são importantes, indicando como esses produtos podem ser utilizados. Vale a pena contratar redatores experientes e profissionais especializados em marketing.

Também não é recomendado falar de mais e prometer funções que o seu produto não cumpre. É igual aquelas receitas que prometem verdadeiros milagres em relação ao emagrecimento, mas que não fazem nada disso. Então, essa questão pode acabar prejudicando o seu negócio.

Trabalhe com argumentos de venda

Qual é o motivo que fará a pessoa desembolsar uma grana e comprar o seu produto? Os clientes quando estão convencidos de que aquilo é bom e entrega o que precisam costumam fazer altos investimentos. Então, não adianta apenas definir preços interessantes, é preciso ter uma boa forma de comunicação.

As pessoas precisam de um motivo real para realizarem compras. No caso dos restaurantes, é a fome ou o desejo de se alimentar com algo diferenciado em um fim de semana, por exemplo. Assim como as lojas de roupas vendem casacos durante o inverno já que o frio é um motivador.

De fato, o seu produto precisa solucionar problemas e quanto mais problemas ele puder resolver, mais atraente será.

O depoimento de clientes é algo que costuma atrair novos interessados, mas não adianta fazer isso de um modo superficial. É melhor abrir um espaço para comentários, onde quem já comprou pode dar a sua opinião. Assim, os futuros visitantes podem identificar se o produto é bom ou não.

As pessoas investem tempo antes de tomarem decisões, sempre pensando em produtos realmente eficazes. Por isso, a disponibilização de resenhas reais é um bom caminho a tomar.

Ofertas limitadas

Certamente você já entrou em algum site e percebeu um relógio marcando o tempo em forma de contagem regressiva. As empresas adotam essa postura para criar o famoso senso de urgência, um gatilho mental que faz os usuários tomarem a decisão mais rapidamente. A pessoa fica com medo de perder uma boa oportunidade e acaba fazendo uma compra.

Esse é um estímulo direto para ampliar a tomada de decisão. Mas, o problema é que muitos desses sites criam ofertas falsas, onde basta o usuário recarregar a página e perceber que o relógio retornou ao ponto inicial. Dessa forma, é melhor trabalhar em campanhas com duração de 24h, oferecendo descontos especiais.

A oferta precisa ser mostrada de uma forma clara, já que os descontos especiais ou em semanas comemorativas costumam despertar o interesse do público. Quando acontece algum ruído, a relação com os consumidores pode ser comprometida, o que é péssimo ao pensar no futuro.

Trabalhe com uma estratégia de pós-venda

Muitos desaparecem depois que uma venda é realizada, o que é algo péssimo. Como dissemos anteriormente, é interessante trabalhar com comentários, já que a opinião dos consumidores importa muito. Assim, é interessante adotar estratégias para o pós-venda, com a obtenção de feedbacks dos consumidores.

Então, é recomendado enviar e-mails para essas pessoas, com “ofertas exclusivas”, criando uma cumplicidade com esses consumidores. Além disso, é possível anunciar produtos semelhantes aqueles vendidos anteriormente.

As grandes empresas investem anualmente milhões e milhões em propagandas na televisão e na internet. Tudo isso com o objetivo de conquistar novos clientes. Mas, a manutenção dos já existentes é outro ponto que precisa ser trabalhado com consciência.

Por outro lado, é necessário tomar cuidado para não desenvolver algo chato, enviando todos os dias diversos e-mails para essa pessoa. Quando isso acontece a tendência é que ela nem abra e marque como spam.

Você precisa estar disponível para responder dúvidas

É fundamental estruturar um serviço de atendimento online para responder questionamentos dos clientes. Assim, as marcas que oferecem um bom atendimento online costumam se destacar entre as demais, algo que seja ágil e que realmente faça a diferença.

Investir em um chatBOT pode ser uma boa jogada, já que o robô pode ser programado para responder as questões mais comuns e auxiliar nesse momento. Então, não basta apenas pensar como vender online, é necessário trabalhar uma boa estratégia de atendimento.

É interessante fornecer e-mail para contato e telefone, assim como responder todas as dúvidas que surgirem nas redes sociais, tanto no Facebook como no Instagram. Isso possibilitará o fortalecimento da relação com os consumidores, algo importante para futuras novas vendas.

Aposte de uma agência de marketing digital

Lendo esse artigo você conheceu os passos para saber como vender online, mas é necessário muito mais do que isso para ter sucesso na internet. A concorrência é feroz e as estratégias são cada vez mais ousadas. Por isso, às vezes é preciso buscar ajuda.

Investir em uma agência de marketing digital é um bom caminho, já que dessa maneira haverá um time ao seu lado. As vendas online devem ganhar cada vez mais destaque nos próximos anos. Essa é uma solução para quem tem loja física e percebe queda no movimento e também para quem tem uma boa ideia de empreendimento.

A EngajaTech pode oferecer tudo o que você necessita para vender online. Contamos com um time de designers, programadores, redatores e especialistas em marketing digital. Entre em contato agora mesmo e solicite um orçamento, podemos ajudar na sua estratégia de negócio!